Fortaleza

Fortalezenses reúnem doações para população do RS até esta quinta-feira (09); saiba como ajudar

fortalezenses-reunem-doacoes-para-populacao-do-rs-ate-esta-quinta-feira-(09);-saiba-como-ajudar
Fortalezenses reúnem doações para população do RS até esta quinta-feira (09); saiba como ajudar

Moradores de Fortaleza, no Ceará, estão reunindo doações para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. As arrecadações devem ser realizadas até esta quinta-feira (9). Até o momento, uma empresa de transportes arrecadou mais de dez toneladas de água, roupas e alimentos.

>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

O caminhão da empresa DJ Transportes sai de Fortaleza para o Rio Grande do Sul na sexta-feira (10). Estão sendo recebidos alimentos não perecíveis, água potável, roupas, roupas de cama, produtos de higiene pessoal e fralda infantil/adulto.

Segundo Daniel Filho, gerente operacional da DJ Transportes, a ideia surgiu após acompanhar de perto a tragédia. “Estamos acompanhando de perto as tragédias devido termos familiares nas cidades atingidas. Vimos a necessidade das pessoas de materiais básicos, como roupas, água, materiais de higiene, e veio a ideia de dedicar um caminhão de nossa empresa para levar a ajuda aqui do Ceará, para o RS”, comentou.

A expectativa é chegar a 40 toneladas ou mais de doações. “Caso chegue a passar dessa quantidade, já estamos nos programando para uma segunda carreta”, afirmou.

Pontos de coleta para doação:

  • Rod. Quarto anel viário, KM 42 / DJ Transportes
  • Av Godofredo Maciel, 4620 / Caramanchão e assoalhos
  • Av Rogaciano leite, 1864 / Lava jato GM CAR
  • Rua cuiaba, 39 – Jóquei club / Lava jato GM CAR
  • Todas as unidades da pizzaria 4estylo’s
  • Rua Dr. Thompson Bulcão, 326 – Luciano cavalcante
  • Rua Pindorama, 1700 – Salinas / Lojas Sete sonhos
  •  Rua Carlos studart, 231 – Maraponga / Box Mufasa

Doações para a população do Rio Grande do Sul

As fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul desde o dia 26 de abril continuam causando mortes, prejuízos materiais e transtornos à população. O número de pessoas afetadas pelas consequências dos eventos climáticos, como alagamentos, deslizamentos, inundações e enxurradas só aumenta a cada novo balanço da Defesa Civil estadual.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Cerca de 235 cidades foram atingidas, totalizando mais de 350 mil pessoas afetadas de alguma forma. As chuvas deixaram estradas interditadas e afetaram também serviços como fornecimento de energia e telecomunicações.

Leia também | Gaúchos em Fortaleza se afligem com situação de parentes no Rio Grande do Sul

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br