Ceará

Ladrões furtam 17 ovelhas de propriedade na zona rural de Crateús, no Ceará

ladroes-furtam-17-ovelhas-de-propriedade-na-zona-rural-de-crateus,-no-ceara
Ladrões furtam 17 ovelhas de propriedade na zona rural de Crateús, no Ceará

Foi registrado um furto de 17 ovelhas no município de Crateús, no interior do Ceará. A ocorrência foi registrada na localidade Tourão, na madrugada desta sexta-feira (17). Os ladrões ainda invadiram a residência do proprietário dos animais, furtando objetos de valor, incluindo ferramentas.

Agentes das forças de segurança se dirigiram até o local para realizar diligências, na tentativa de localizar os possíveis suspeitos de participação no crime. Conforme relatos, os criminosos teriam usado sacos para fazer o transporte dos animais furtados, com uma das ovelhas tendo sido encontrada ainda amarrada no local – possivelmente uma das que foram furtadas pelos ladrões, mas que acabou ficando para trás.

Leia também | Bombeiros são chamados para resgatar cadáver, mas descobrem que era boneco de judas

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Ladrões furtam ovelhas em Crateús, no interior do Ceará

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

2021

Em 2021, um homem foi preso por uma equipe da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) por suspeita de furtar ovelhas no mesmo município, Crateús. A prisão foi realizada na localidade de Poti, na zona rural do município.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

De acordo com informações da SSPDS, as ações iniciaram após o recebimento de informações sobre o furto de animais de uma propriedade na zona rural do município. A equipe realizou as buscas pela região e chegou ao local onde se encontrariam os animais subtraídos. O suspeito, Ericon Soares Campelo, estaria negociando os animais.

Fonte: gcmais.com.br