Fortaleza

Mais de seis mil partos são realizados no Gonzaguinha do José Walter em dois anos

mais-de-seis-mil-partos-sao-realizados-no-gonzaguinha-do-jose-walter-em-dois-anos
Mais de seis mil partos são realizados no Gonzaguinha do José Walter em dois anos

O Hospital Distrital Gonzaga Mota José Walter, conhecido como “Gonzaguinha do José Walter”, estabeleceu um novo recorde de número de partos em gestantes residentes em Fortaleza em relação aos hospitais públicos e privados na Capital. O balanço considera os anos de 2023 e 2024: foram 6.417 nascidos vivos, contra 4.863 no ano anterior e 1.554 neste ano (até o mês de abril).

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Em 2023, a unidade também realizou cerca de 22 mil atendimentos obstétricos em situações de urgência e emergência.

“Esses números não apenas refletem a confiança da comunidade no hospital, mas também a dedicação incansável da equipe em fornecer cuidados excepcionais para mães e bebês. À medida que celebramos o Dia das Mães, é importante reconhecer o papel vital que o Hospital Gonzaguinha José Walter desempenha na comunidade”, afirma Galeno Taumaturgo, secretário da Saúde de Fortaleza.

Além das estatísticas comprovadas, o hospital se destaca pelo número de salas de PPP (pré-parto, parto e pós-parto). Fundado em 1986, o hospital passou por uma reforma e, em 2022, inaugurou uma unidade que aumentou sua capacidade em 185%, passando de 54 para 154 leitos.

 Gonzaguinha do José Walter se destaca como referência em partos

Todas as salas PPPs possuem uma cama hospitalar elétrica retrátil, permitindo que a mãe escolha a posição mais adequada para o parto. As salas possuem berço, equipamentos que auxiliam no trabalho de parto e painel eletrônico onde a paciente pode acionar a equipe de saúde, instalado próximo à cama e no banheiro.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O hospital possui ainda duas salas cirúrgicas modernas e uma sala de pequenos procedimentos equipadas para atender cirurgias obstétricas de emergência, a fim de garantir a segurança tanto da mãe quanto do bebê.

A Rede de Atenção Materno Infantil da Capital é composta pelos hospitais estaduais: Gonzaga Mota da Barra do Ceará, José Walter de Messejana (em fase de reforma), Hospital Dra Zilda Arns Neumann (Hospital da Mulher) e Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC).

Leia também | Rodoviária de Fortaleza terá 286 viagens extras no Dia das Mães

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br