Ceará

Mulher é assassinada a tiros na cidade de Cedro

mulher-e-assassinada-a-tiros-na-cidade-de-cedro
Mulher é assassinada a tiros na cidade de Cedro

Uma mulher de 29 anos foi assassinada a tiros na noite de quinta-feira (30) na cidade do Cedro (341,9 km de Fortaleza. Amanda Gomes de Assis, conhecida como Jurema, foi atacada por dois homens em uma moto na rua Obi Jucá Diniz, região central da cidade.

A vítima estava em um bar, ao lado do Terminal Rodoviário do Cedro, quando os acusados efetuaram os disparos.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Amanda foi atingida por pelo menos 12 tiros, a maioria na cabeça. Por conta da gravidade dos ferimentos, não resistiu e morreu no local. Os acusados fugiram e ainda não foram identificados.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a vítima tinha antecedentes por lesão corporal dolosa e ameaça. O caso é investigado pela Delegacia Regional de Iguatu.

>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Mulheres assassinadas no Ceará de janeiro a março

Somente nos três primeiros meses de 2024, 76 mulheres foram assassinadas no Ceará. Os dados são da Superintendência de Pesquisa e Estratégia (Supesp), disponibilizados pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS)

O número representa um aumento de quase 17% em relação ao mesmo período de 2023, quando 65 mulheres foram mortas no Estado de janeiro a março.

Mulheres mortas

O levantamento aponta que 70 casos foram registrados como homicídios dolosos e 6 ocorreram no contexto de feminicídios, crime de ódio baseado no gênero da vítima.

Janeiro mais violento

O mês de janeiro foi o mais letal do período, com 30 mulheres mortas. Em seguida aparece março, com 27 vítimas, e fevereiro, com 19 assassinatos.

Leia também | Guias e turistas são resgatados após ficarem ilhados em cachoeira, no Ceará; veja vídeo

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br