Ceará

Mulher é morta pelo cunhado em Jaguaruana; autor gravou vídeo pedindo perdão

mulher-e-morta-pelo-cunhado-em-jaguaruana;-autor-gravou-video-pedindo-perdao
Mulher é morta pelo cunhado em Jaguaruana; autor gravou vídeo pedindo perdão

Uma mulher foi morta pelo próprio cunhado após um desentendimento na manhã de quinta-feira (9), na localidade de Jurema, zona rural de Jaguaruana, no Ceará. Ana Maria Alexandre Rocha, de 25 anos, foi assassinada dentro da cozinha de casa.

Segundo relatos da polícia, Ana Maria foi vítima de um golpe fatal de facão desferido em seu pescoço, dentro da cozinha de sua residência. O agressor seria identificado como Robenilson, de 24 anos, irmão do marido da vítima, que está atualmente foragido.

Testemunhas afirmam que Ana Maria tentou intervir em uma briga entre os irmãos, momento em que o agressor, munido de um facão, desferiu o golpe fatal contra ela, resultando em sua morte imediata.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Circula nas redes sociais um vídeo de Robenilson assumindo o crime e pedindo perdão a família pelo “crime bárbaro” que cometeu.

“Eu quero pedir perdão a sociedade, a família dela e a minha família. Eu sei que pedir perdão não vai mudar nada”, disse o autor do crime.

Em outro ponto do vídeo ele diz entender e aceitar caso alguém da família da vítima queira se vingar.

As autoridades policiais estão em busca de Robenilson, havendo informações de que ele possa estar escondido em uma fazenda de camarão na mesma localidade do crime.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) está investigando o caso, com o auxílio das equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (PEFOCE). A Delegacia Municipal de Jaguaruana está liderando as investigações e conduzindo diligências para capturar o suspeito do crime.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser encaminhadas para o número 181, o disque-denúncia da secretaria da segurança pública e defesa social (sspds), ou para o (85)3101-0181, que é o número de whatsapp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser feitas pelo (88) 3418-1370, da delegacia municipal de jaguaruana. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Leia também | Empilhador morre após acidente em centro de distribuição em Maracanaú

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br