Fortaleza

Nova fase das obras de demolição do Edifício São Pedro altera trânsito na Praia de Iracema

nova-fase-das-obras-de-demolicao-do-edificio-sao-pedro-altera-transito-na-praia-de-iracema
Nova fase das obras de demolição do Edifício São Pedro altera trânsito na Praia de Iracema

A nova de obras de demolição do Edifício São Pedro, na Praia de Iracema, em Fortaleza tem início nesta quinta-feira (2) e vai alterar o trânsito da região, segundo a Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf).

Com o avanço dos serviços e para garantir a segurança viária das pessoas que transitam pela região, a Av. Historiador Raimundo Girão terá redução de mais uma faixa de tráfego entre as ruas Arariús e Gonçalves Ledo, enquanto a Rua Arariús permanecerá bloqueada no trecho compreendido entre a Av. Beira-Mar e Av. Historiador Raimundo Girão.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

As intervenções, que devem durar até o fim dos serviços, serão acompanhadas pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) que disponibilizará orientadores de tráfego para dar suporte aos condutores quanto às mudanças na circulação.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Mudanças no trânsito

Na Av. Historiador Raimundo Girão, apesar do estreitamento, não sofrerá interdição total. Com a medida, as faixas do sentido Centro/Aldeota terão mudança na configuração e passam a operar nos dois sentidos.

Já os condutores que utilizam a Rua Arariús devem estar atentos aos desvios de tráfego. Quem vem pela Av. Beira-Mar e deseja acessar a Av. Historiador Raimundo Girão, deverá seguir pela Rua dos Tabajaras, entrar à esquerda na Rua dos Cariris e à esquerda para retornar à Av. Historiador Raimundo Girão.

Quem acessar a Rua Arariús, deverá entrar à direita na Rua dos Tabajaras, à esquerda na Rua dos Cariris, à esquerda na Av. Historiador Raimundo Girão para, em seguida, entrar à direita e retornar à Rua Arariús.

Sobre as obras de demolição do Edifício São Pedro

As obras de demolição do Edifício São Pedro, que tiveram início em março deste ano, estão sendo executadas por empresa especializada e fiscalizada por engenheiros em segurança do trabalho e civis, da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf). No local foram fixadas telas e bandejas de proteção, para impedir a queda de material, placas informativas, que delimitam as áreas de circulação, e também a interdição das vias do entorno, para reforçar ainda mais a segurança de toda a área que circula o canteiro.

As intervenções, que já estão com 40% dos serviços concluídos, seguem para uma nova fase dos serviços de desmonte da edificação, desta vez com a utilização de uma escavadeira de lança longa, também conhecida como Long Reach. O maquinário, que tem alcance de até 20 metros de altura, permite que o processo de demolição seja realizado de forma muito mais rápida, com a facilidade de acesso a locais mais restritos. As obras de demolição devem ser concluídas até junho deste ano.

Leia também | Demolição do Edifício São Pedro avança com ajuda de trator erguido por guindaste

 

Fonte: gcmais.com.br