Ceará

Casal é morto a tiros em barraca de praia em Caucaia, na Grande Fortaleza

casal-e-morto-a-tiros-em-barraca-de-praia-em-caucaia,-na-grande-fortaleza
Casal é morto a tiros em barraca de praia em Caucaia, na Grande Fortaleza

Um casal foi morto a tiros na Praia da Tabuba, no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), enquanto relaxava em uma barraca de praia. Um homem de meia idade e uma mulher mais jovem foram surpreendidos por um grupo armado, que chegou ao local e disparou contra o homem sem aviso e sem que ele pudesse esboçar reação.

Conforme relatado pelo proprietário da barraca, a mulher então correu para dentro do estabelecimento – que é também onde o dono do estabelecimento mora. Nesse momento, porém, os criminosos invadiram o local e a mataram a tiros e também com goleps de arma branca.

O homem executado, conhecido na região pela alcunha de Canela, havia ficado viúvo recentemente, com a ex-companheira tendo sido assassinada há cerca de um mês.

O local não apresenta muito movimento de pessoas. Informações dão conta de que, nos momentos que antecederam o assassinato na barraca de praia, o homem foi até o restaurante e pediu que lhe fosse servido um caldo, na companhia da mulher. Os dois foram então surpreendidos por pessoas armadas, que tiveram acesso ao local pela frente do estabelecimento comercial.

Casal é executado em barraca de praia em Caucaia

Após o ocorrido, as forças de segurança foram acionadas e agentes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) se dirigiram ao local da ocorrência para averiguar o crime. Os agentes permaneceram no local, levantando informações. Profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também estiveram presentes, para colher material para a análise pericial. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).

A Secretaria da Segurança Pública reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser encaminhadas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85)3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia”.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Recém-nascido é encontrado dentro de saco de lixo no bairro Jardim das Oliveiras

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br