Ceará

Caso Liliane Amorim: Justiça absolve médico acusado por morte de influencer após lipoaspiração

caso-liliane-amorim:-justica-absolve-medico-acusado-por-morte-de-influencer-apos-lipoaspiracao
Caso Liliane Amorim: Justiça absolve médico acusado por morte de influencer após lipoaspiração

A Justiça absolveu o médico Antônio Benjamin Alencar de Oliveira, acusado por morte da influencer Liliane Amorim que não resistiu às complicações causadas por um procedimento de lipoaspiração, em Juazeiro do Norte, em 2021. A decisão foi da Vara da Comarca Criminal do Crato.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Em 2021, o Ministério Público do Ceará tinha pedido a condenação do médico por homicídio culposo, mas em 2022, o promotor Rangel Bentou teve uma mudança no entendimento e pediu absolvição do médico pelo motivo de não encontrar provas concretas para que ele fosse condenado.

Justiça absolve médico acusado por morte de influencer Liliane Amorim após lipoaspiração

Liliane Amorim, influenciadora digital em Juazeiro do Norte, no Cariri, morreu ao contrair uma infecção generalizada após três perfurações intestinais durante a cirurgia de lipoaspiração realizada no mês de janeiro. A informação consta no laudo pericial recebido pela família da vítima.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

“O laudo é essencial para a investigação criminal. Ele é a principal prova que o delegado vai se embasar e corrobora com o nosso entendimento de que o médico cometeu um erro”, comenta a advogada Débora Araújo Alencar, que acompanha a família da influenciadora.

“O médico legista na conclusão atesta que a causa mortis da Liliane foi uma infecção generalizada decorrente das lesões intestinais por instrumento puntiforme, que são justamente os instrumentos que o médico utiliza para fazer a lipoaspiração”, completa a advogada Débora Alencar.

Leia também | Inscrições para o Enem 2024 terminam nesta sexta-feira (7)

>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br