Ceará

Ceará tem 72 açudes sangrando e atinge a maior marca desde 2009

ceara-tem-72-acudes-sangrando-e-atinge-a-maior-marca-desde-2009
Ceará tem 72 açudes sangrando e atinge a maior marca desde 2009

O Ceará chegou à marca de 72 açudes com 100% do volume total neste ano, segundo dados da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Os dois últimos reservatórios que sangraram foram o Açude Martinópole e o Curral Velho, em Morada Nova.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Com 7,23 bilhões de metros cúbicos, o montante de aporte supera o ano de 2023, o que ajudou a atingir a marca de 72 açudes sangrando, o maior número desde 2009. Após 15 anos, o açude Martinópole atinge a capacidade máxima, segundo a Cogerh. Desde 2009, o reservatório que abastece a cidade de Martinópole, não alcançava a capacidade máxima.

O total de volumes acumulados no estado é de 54,8% da capacidade total. Outros 12 açudes estão com mais de 90% de volume. Porém, 22 reservatórios ainda têm menos de 30% do volume total.

As regiões do Acaraú, Coreaú, Litoral, Metropolitana, Serra da Ibiapaba, Salgado e Baixo Jaguaribe estão em situação “muito confortável”, com volumes acima de 70%, com destaque para o Baixo Jaguaribe e Litoral que registram 100% de seu armazenamento.

A região do Curu sofreu uma significativa recuperação. No início do ano, antes do início da quadra chuvosa, a bacia estava com 26% da capacidade. Hoje, se encontra com 66% de reservas hídricas acumuladas, numa situação confortável.

Ceará registra 72 açudes sangrando

Outros 22 reservatórios do Ceará apresentam volumes abaixo de 30% de sua capacidade, “destacando os desafios persistentes impostos pelo clima semiárido da região, com chuvas distribuídas irregularmente no tempo e espaço”, conforme destacou Tércio Tavares, diretor de Operações da Cogerh.

Leia também | Ceará registra quadra invernosa mais chuvosa no primeiro trimestre desde 2009

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br