Ceará

Família se despede de babá vítima de acidente provocado por motorista alcoolizado

familia-se-despede-de-baba-vitima-de-acidente-provocado-por-motorista-alcoolizado
Família se despede de babá vítima de acidente provocado por motorista alcoolizado

Familiares e amigos se reuniram para de despedir da babá vítima de um acidente provocado por motorista alcoolizado na rodovia CE-040, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza. A colisão entre um carro e uma caminhonete, que ocorreu na noite de domingo (21), também vitimou uma criança de 8 anos.

Luiza Maria da Matta Nascimento, de 30 anos, foi velada na residência de sua mãe, na cidade de Itapiúna, a cerca de 102 quilômetros de Fortaleza. Em seguida, familiares e amigos acompanharam o cortejo até uma capela na cidade, onde ela será sepultada em um cemitério local.

O acidente ocorreu quando o veículo em que Luiza e a criança estavam foi atingido por um carro dirigido por um homem de 67 anos, que foi preso em flagrante por embriaguez ao volante. Segundo informações da Justiça Estadual, o motorista dirigia sob efeito de álcool e em alta velocidade, fatores que contribuíram para a colisão fatal.

A prisão em flagrante de Joab Temudo de Oliveira foi convertida em prisão preventiva, em audiência de custódia, no 4º Núcleo Regional de Custódia e de Inquérito (Caucaia), nesta segunda-feira (22).

“Justifica o resguardo da ordem pública o fato do autuado ter sido encontrado com ‘sinais de embriaguez’ após o cometimento dos crimes, segundo os depoimentos policiais, o preso teria colidido violentamente na traseira do carro das vítimas, tendo este capotado e parado no sentido contrário da via, o que demonstra possível excesso de velocidade do infrator, dada a dinâmica do abalroamento”, explicou a decisão.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

No carro da família, vinham seis pessoas: marido e mulher, três crianças (de 6, 9 e 13 anos de idade) e a babá. Ela não resistiu e morreu no local e as três crianças tiveram que ser levadas para o hospital, em estado grave. Uma delas não resistiu aos ferimentos e morreu, enquanto as outras seguiram recebendo atendimento médico.

Após o acidente, familiares eram vistos na via bastante consternados, expressando raiva em relação ao motorista do outro veículo e tentando agredi-lo. O homem se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi levado à delegacia, com os procedimentos legais tendo sido realizados em seguida.

Leia mais | Motorista que matou criança e babá estava alcoolizado e dirigia em alta velocidade

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br