Ceará

Corpo de mulher desaparecida é encontrado com tiros na cabeça em praia na Grande Fortaleza

corpo-de-mulher-desaparecida-e-encontrado-com-tiros-na-cabeca-em-praia-na-grande-fortaleza
Corpo de mulher desaparecida é encontrado com tiros na cabeça em praia na Grande Fortaleza

O corpo de uma mulher de 21 anos, que estava desaparecida, foi encontrado na Lagoa do Parnamirim, na praia da Tabuba, município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Ela estava com marcas de disparos de arma de fogo na cabeça e foi deixada sentada perto de uma cisterna.

Ana Lívia estava desaparecida desde segunda-feira (13) e foi encontrada na manhã de terça (14). Ela teria sido levada por homens armados, integrantes de uma organização criminosa. Não há, no entanto, informações sobre o que teria motivado o assassinato.

Leia mais | Duas pessoas são resgatadas das ferragens após acidente em rodovia no interior do Ceará

O cadáver foi encontrado por moradores da região que passavam pelo local. Viram a jovem sentada e acharam estranho, pensando inclusive que ela pudesse estar dormindo. Quando se aproximaram, constataram que ela estava morta, com marcas de tiros na cabeça. A polícia foi então acionada.

Agentes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e da Polícia Militar do Ceará (PMCE) se dirigiram até o local ainda durante a manhã. Uma equipe da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada para a ocorrência e colheu indícios que auxiliarão nas investigações, que estão a cargo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Horas após a mulher ser encontrada, ainda era possível ver marcas de sangue no local.

Alguns moradores dos entornos chegaram a informar à polícia que durante a madrugada escutaram sons de disparos, mas ficaram na dúvida se seriam tiros de arma de fogo ou não. Como em seguida não houve mais barulho, não deram mais atenção. Outras pessoas comentaram que chegaram a ouvir certa movimentação na área, mas pensaram ser turistas – o local é comumente frequentado por turistas, mesmo durante a noite.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As informações também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3257-4807, do DHPP, que também é o WhatsApp do Departamento. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: gcmais.com.br