Ceará

Devotos relatam milagres de Nossa Senhora de Fátima após recuperação da covid-19

devotos-relatam-milagres-de-nossa-senhora-de-fatima-apos-recuperacao-da-covid-19
Devotos relatam milagres de Nossa Senhora de Fátima após recuperação da covid-19

Relatos de milagres atribuídos a Nossa Senhora de Fátima muitas vezes dizem respeito à recuperação de doenças graves, com risco de morte. No caso do advogado Wuldson Sousa, que tem história de vida intimamente ligada à Santa, a graça alcançada foi conseguir se recuperar da covid-19, doença que matou mais de 700 mil pessoas no Brasil.

“Chegou o momento em que eu já estava usando o [capacete] Elmo, as máscaras, e estava com muita dificuldade de respirar. E até pensei em desistir de viver, porque via as pessoas morrendo e não conseguia… Porque chegou uma hora que o comprometimento chegou a 80% e eu, no hospital, só fazia rezar a Maria, pedindo a Nossa Senhora, pedindo, pedindo uma ajuda, conta ele.

Leia também | TV Cidade exibe série “Milagres de Fátima”, a partir desta segunda-feira (13/05)

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

“Chegou um momento que eu disse: minha mãe, se a senhora estiver ouvindo as minhas orações, manda um padre aqui. Olhando para a porta, vi que passou um padre e eu virei para a minha esposa, que estava do meu lado, na UTI. Disse que tem um padre lá fora, com muita dificuldade para falar, mas eu disse. Ela disse: não, aqui é UTI, meu filho, não tem padre nenhum lá fora. Eu disse que tinha. E ela foi. Quando ela voltou, foi com o padre. Depois tive um sono profundo. No outro dia, a minha saturação começou a melhorar e eu atribuo aquela cura à Nossa Senhora, né? Porque ali foi uma experiência física com ela.”

O homem diz ainda que a fisioterapeuta que o atende se chama Fátima e que ganhou esse nome porque a mãe dela foi a uma procissão de Nossa Senhora de Fátima e teve as dores do parto no dia 13 de maio, nascendo nesse dia simbólico.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

“E eu me lembrei do que o padre havia dito, que Nossa Senhora seria a minha enfermeira. E aí me emocionei muito, porque é mais uma vez uma manifestação da presença dela”, conta o homem.

A devoção é tão intensa que mesmo no trabalho ele reserva um momento para rezar o terço e agradecer pelas graças alcançadas. Além disso, semanalmente faz reuniões em casa para rezar o terço e todo ano vai para o Santuário de Fátima, em Portugal, só para agradecer.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br