Ceará

Dia do Trabalhador: manifestação de centrais sindicais em Fortaleza reivindica direitos trabalhistas

dia-do-trabalhador:-manifestacao-de-centrais-sindicais-em-fortaleza-reivindica-direitos-trabalhistas
Dia do Trabalhador: manifestação de centrais sindicais em Fortaleza reivindica direitos trabalhistas

No Dia do Trabalhador, celebrado nesta quarta-feira (1º), dezenas de trabalhadores e membros de movimentos sociais se reuniram em Fortaleza para uma passeata em defesa dos direitos trabalhistas e em apoio aos servidores em greve nas universidades estaduais e federais do Ceará.

Com o tema “Por um Brasil mais justo”, a manifestação, organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) Ceará, visa conscientizar a população sobre questões como melhores condições de trabalho, correção da tabela do Imposto de Renda, igualdade salarial entre homens e mulheres e melhorias na aposentadoria.

A passeata foi convocada por diversas organizações, incluindo a CUT Ceará, CTB, Intersindical, Coletivo Sindical e Popular Travessia, além das frentes Brasil Popular, Levante Popular da Juventude e Povo Sem Medo. O ponto de concentração foi o campus da Universidade Estadual do Ceará (Uece), no bairro Itaperi.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Segundo Wil Pereira, presidente da CUT Ceará, a escolha do local de partida na Uece foi uma forma de apoio ao movimento grevista iniciado em abril em diversas universidades do estado.

A marcha percorreu as ruas até a Praça da Cruz Grande, na Serrinha, onde líderes sindicais e ativistas discursaram. Durante o evento, foram levantadas bandeiras contra a violência nas favelas, o preconceito e em favor da construção de moradias dignas.

Leia também | Dia do Trabalho: saiba o que abre e o que não abre em Fortaleza no feriado desta quarta-feira (1º)

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br