Fortaleza

Direção do Fortal garante que não haverá uso de drones e canhões de luz em evento no aeroporto

direcao-do-fortal-garante-que-nao-havera-uso-de-drones-e-canhoes-de-luz-em-evento-no-aeroporto
Direção do Fortal garante que não haverá uso de drones e canhões de luz em evento no aeroporto

Representantes da Polícia Federal da Fraport – empresa que administra o Aeroporto Internacional de Fortaleza – e do Fortal se reuniram nesta segunda-feira (29) com integrantes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) para alinhar as ações necessárias à realização do evento com segurança em relação às operações do aeroporto de Fortaleza. A direção do evento garantiu que não haverá drones, canhões de luz e afins para não prejudicar o funcionamento da Ciopaer e do terminal.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Recentemente, a organização do evento, que está marcado para os dias 18 a 21 de julho de 2024, anunciou a mudança de local da programação para o bairro Aeroporto.

“Tratamos de assuntos relacionados à segurança pública, principalmente no entorno do evento, de forma que a Ciopaer, o Aeroporto de Fortaleza e outros órgãos que atuam naquela região consigam funcionar normalmente. Ficou acordado que os organizadores do Fortal buscarão, junto aos órgãos técnicos, Polícia Federal, Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e demais órgãos, respaldo jurídico para funcionar naquela região”, explicou o secretário da SSPDS, Samuel Elânio.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Conforme o gestor da SSPDS, os representantes do Fortal explicaram os trâmites para o funcionamento no novo local, respeitando o contrato firmado com a Fraport, que prevê a proibição de utilização de drones, canhões de luz ou lasers para não atrapalhar o fluxo das aeronaves no Aeroporto de Fortaleza e na Ciopaer. Além disso, como a Ciopaer atua nas proximidades, a organização se prontificou a prestar todo o auxílio, montar qualquer estrutura que seja necessária para reforçar o funcionamento da Ciopaer e seu entorno”, detalhou o secretário Samuel Elânio.

Apesar das garantias apresentadas pela organização do Fortal, a SSPDS fez solicitação de uma via exclusiva de acesso à Ciopaer. “Vai ter uma via exclusiva para as pessoas que vão participar do evento, enquanto as outras vias ficarão livres para quem vai se deslocar ao Aeroporto Internacional de Fortaleza. Solicitei um estudo de viabilidade, aos organizadores, para um outro acesso exclusivo e mais rápido para a Ciopaer. Os organizadores ficaram de avaliar essa possibilidade e colocar em prática com a estrutura de segurança do evento”, afirmou o gestor.

Outros encontros devem acontecer para o alinhamento do planejamento operacional das Forças Estaduais de Segurança e órgãos parceiros, com a finalidade de garantir a segurança dos foliões e o funcionamento da Ciopaer/SSPDS e Aeroporto de Fortaleza.

Leia também | Fortal 2024 ocorrerá em novo local; confira

 

Fonte: gcmais.com.br