Ceará

Estações de Metrô e VLT recebem doações para famílias desabrigadas no Rio Grande do Sul

estacoes-de-metro-e-vlt-recebem-doacoes-para-familias-desabrigadas-no-rio-grande-do-sul
Estações de Metrô e VLT recebem doações para famílias desabrigadas no Rio Grande do Sul

Estações de metrô e VLT em Fortaleza e Maracanaú passarão a receber doações para as famílias desabrigadas no Rio Grande do Sul, a partir desta sexta-feira (17). A ação, organizada pelo Metrofor, visa ajudar as vítimas das enchentes que têm devastado dezenas de cidades gaúchas desde o início de março.

Caixas coletoras foram instaladas em áreas de livre acesso das estações, permitindo que a população faça suas doações sem precisar pagar tarifa ou embarcar nos trens. Os locais de coleta são:

  • Estação José de Alencar: Avenida Tristão Gonçalves nº 511, Centro, Fortaleza.
  • Estação Rachel de Queiroz: Avenida Central Sul, s/n, Acaracuzinho, Maracanaú.
  • Estação Parangaba: Avenida Carlos Amora, nº 190, Parangaba, Fortaleza.
  • Estação Antônio Sales: Avenida Antônio Sales, 3412, Dionísio Torres, Fortaleza.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Itens aceitos para doação

As doações podem incluir alimentos não perecíveis, como arroz, feijão e farinha de milho, além de enlatados como sardinhas, fiambre, salsichas, milho e feijoada. Produtos de higiene pessoal, como sabonetes, shampoo, absorventes, fraldas infantis e geriátricas, escovas e cremes dentais também são bem-vindos. Além disso, são aceitos produtos de cama, como colchas e mantas, e produtos de limpeza, como sabão em pó ou em barra.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Orientações da Defesa Civil

A Defesa Civil do Ceará informa que não é necessário doar roupas, água, remédios, brinquedos e produtos em spray ou aerosol neste momento. Os itens doados devem ser preferencialmente novos ou devidamente embalados, vedados e guardados em sacolas plásticas para garantir o transporte adequado até as famílias em vulnerabilidade no Sul do País.

Destino das Doações

Os itens arrecadados serão levados para o centro de triagem da Defesa Civil do Ceará antes de serem enviados ao Rio Grande do Sul. A iniciativa é uma resposta solidária às enchentes que têm forçado milhares de famílias gaúchas a viverem em abrigos temporários, necessitando de assistência urgente.

A comunidade é incentivada a participar desta ação, demonstrando solidariedade e apoio às famílias que enfrentam dificuldades no Rio Grande do Sul.

Leia também | Caminhão carregado de frutas tomba e cai em barranco na BR-116, no Ceará

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br