Ceará

Família de vereador morto a facadas por garçom no Ceará doa córneas da vítima

familia-de-vereador-morto-a-facadas-por-garcom-no-ceara-doa-corneas-da-vitima
Família de vereador morto a facadas por garçom no Ceará doa córneas da vítima

A família do vereador César Araujo Veras (PSB), morto a facadas pelo garçom do restaurante onde ele estava, decidiu doar as córneas da vítima. Conforme os familiares, as córneas vão ser transplantadas para duas pessoas. O assassinato aconteceu no fim do último mês, no município de Camocim.

Durante a ação criminosa, pouco depois do parlamentar entrar no local, o garçom Antônio Charlan Rocha Souza, de 34 anos, vai até ele e o ataca com uma faca na região do pescoço. Depois de lesionar o vereador, o funcionário vai até o dono do estabelecimento, que estava em uma das mesas, e também o esfaqueia. Por fim, ele lesiona um terceiro homem antes de fugir do local. O homem foi preso no mesmo dia do ataque.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Quem foi César Araújo Veras

O parlamentar tinha 52 anos e possuía quatro mandatos no Legislativo do município. A primeira vez que foi eleito, em 2004, foi como membro do Partido Popular Socialista (PPS), o atual Cidadania, sua primeira sigla. Ele esteve na cadeira de 2005 a 2008. Na eleição seguinte, não concorreu e, somente em 2013, retornou ao Parlamento local para sua segunda participação, desta vez pelo Solidariedade.

A eleição para vereador se repetiu em 2020, também pelo PDT. No final do ano, ele completaria o quarto ano na Casa Legislativa. O parlamentar era pré-candidato na cidade, agora filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), para onde migrou no início de abril, durante a janela partidária.

>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Em duas ocasiões distintas, em 2015 e 2017 e depois, entre 2017 e 2019, o político foi o líder da União de Vereadores do Ceará (UVC), entidade que representa a classe política de legisladores municipais. Pela condução da instituição, foi nomeado como presidente de honra, função que exercia até os dias atuais.

César Veras, na legislatura atual, era o líder do governo da prefeita Betinha (PSB) na Câmara Municipal de Camocim. O vereador, graduado em Administração, era casado e deixou três filhos. Sua carreira profissional fora do âmbito público era voltada para a administração de empresas. Ele também atuava como corredor.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também Garçom que matou vereador dentro de restaurante em Camocim revela motivo do crime; vídeo

Fonte: gcmais.com.br