Fortaleza

Fortaleza: moradores relatam medo no Conjunto Ceará após morte de policial aposentado

fortaleza:-moradores-relatam-medo-no-conjunto-ceara-apos-morte-de-policial-aposentado
Fortaleza: moradores relatam medo no Conjunto Ceará após morte de policial aposentado

Moradores do bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza, relatam medo generalizado na região em que o policial militar aposentado José Hélio Ribeiro foi assassinado, na calçada de uma via do bairro. A ação criminosa aconteceu ainda esta semana, após ele ser abordado no local por dois criminosos, um em uma motocicleta e outro a pé.

Pessoas que trabalham na região falaram com a equipe de reportagem da TV Cidade Fortaleza, mas preferiram não gravar entrevista, com medo de possíveis represálias por parte do crime organizado. Eles informam que Hélio trabalhava como segurança no local há vários anos e que era uma pessoa “bastante querida” e muito conhecida pelos moradores do bairro, sendo carinhosamente chamado pelo apelido de Doquinha. Contam também que era brincalhão e prestativo, sempre ajudando comerciantes do entorno.

Há, inclusive, a suspeita de que ele já estava sendo monitorado. Esses moradores comentam que os bandidos podiam já ter informações privilegiadas do local onde ele estava e que o assassinato foi premeditado, com os dois suspeitos já tendo tido a intenção de ir ao local para tirar a vida do policial aposentado – diferente de uma ocorrência de latrocínio, como se suspeita inicialmente.

Leia mais | Moradores de rua brigam, tentam invadir hospital infantil e são presos em Fortaleza

O crime

O policial militar aposentado foi baleado e morto durante um assalto efetuado na calçada de uma rua no Conjunto Ceará, em Fortaleza. O homem foi levado inicialmente para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Conjunto Ceará e depois transferido para o Instituto Dr. José Frota (IJF), devido à gravidade das lesões sofridas durante o ataque. O estado de saúde dele, no entanto, piorou e ele foi a óbito.

A ação criminosa foi registrada por uma câmera de segurança instalada nas proximidades. É possível ver o militar sentado em uma cadeira na calçada, na frente de um comércio, quando é abordado por dois indivíduos, um em uma motocicleta e outro a pé.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Um dos criminosos auxilia o outro a realizar a abordagem e tomar, ao que tudo indica, a arma de fogo do policial aposentado. Quando o idoso tenta evitar que os assaltantes levem a arma, ele é atingido por um disparo e cai, com os dois indivíduos indo embora logo em seguida.

Após o ocorrido, podia-se observar movimentação intensa de agentes policiais na área, à espera de mais informações sobre o colega. No local, estava inclusive o comandante-geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), o coronel Klênio Savyo, segundo o qual o trabalho ostensivo da polícia foi fortalecido na região, na tentativa de localizar e capturar os suspeitos de terem executado a ação criminosa.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por GCMAIS (@gcmais)

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

 >>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

Fonte: gcmais.com.br