Ceará

Homem morre afogado ao atravessar açude em Catarina, no interior do Ceará

homem-morre-afogado-ao-atravessar-acude-em-catarina,-no-interior-do-ceara
Homem morre afogado ao atravessar açude em Catarina, no interior do Ceará

Um homem de 22 anos de idade morreu afogado, nesta sexta-feira (3), ao tentar atravessar um açude no município de Catarina, no interior do Ceará. O caso ocorreu na localidade de Sítio Retiro. Conforme relatado, ele voltava da roça junto do pai, que vinha atrás dele, e se afogou ao entrar no reservatório, que fica próximo da residência onde morava.

O pai chegou a entrar no açude para tentar salvar o rapaz, mas não encontrou o corpo. Com isso, a Polícia Militar do Ceará (PMCE) e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) foram acionados para o local. Quando as forças de segurança chegaram, porém, o corpo já havia sido localizado, sem vida.

Homem morre afogado em açude no interior do Ceará

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também se dirigiram até o local, onde recolheram material para análise pericial. O caso será investigado pela Delegacia Regional de Tauá, ainda segundo a SSPDS.

Prefeito

Em outra ocorrência recente de afogamento no interior do Ceará, o vitimado foi o vice-prefeito de Paraipaba, Aldemir Garcia, conhecido como Garcia da Paraipaba. Ele morreu em um acidente durante um passeio de caiaque, em 27 de abril. O incidente ocorreu no percurso entre a barragem do Córrego do Mato, no município, e a barra do rio Curu, em Paracuru.

Aldemir Garcia, de 40 anos, realizava a atividade com mais dois amigos, como parte de uma iniciativa para promover o turismo, a pesca e as belezas naturais de Paraipaba. No entanto, quando já próximo ao final do trajeto, Garcia teria perdido o controle do caiaque devido à força da correnteza.

Leia também | Motociclista por aplicativo morre após ser esfaqueado durante assalto em Fortaleza

>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br