Ceará

Idoso morre atropelado por moto ao tentar atravessar a BR-222, na Grande Fortaleza

idoso-morre-atropelado-por-moto-ao-tentar-atravessar-a-br-222,-na-grande-fortaleza
Idoso morre atropelado por moto ao tentar atravessar a BR-222, na Grande Fortaleza

Um idoso de 65 anos de idade, identificado como Francisco Chagas, morreu atropelado por uma moto no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), ao tentar atravessar a BR-222. O caso aconteceu nesta terça-feira (4), no bairro Tabapuazinho, próximo ao viaduto que fica em frente à Lagoa do Tabapuá.

O motociclista responsável pelo atropelamento, que estava trabalhando como entregador de aplicativo, continuou no local, aguardando para que sejam realizados os procedimentos necessários. Ele também recebeu atendimento médico de emergência.

Idoso morre atropelado por moto em Caucaia

Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) se dirigiram ao ponto do acidente, assim como profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Leia mais | Guarda Municipal salva homem de linchamento e população se revolta contra agentes

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Fortaleza

Trata-se do segundo dia seguido em que um idoso é atropelado por um motociclista ao atravessar uma via na Grande Fortaleza. João Nepomuceno Neto, de 81 anos, foi morto na véspera, ao tentar atravessar uma via em Fortaleza. A ocorrência se deu na Rua Crisanto Moreira da Rocha, em uma bifurcação da Avenida Washington Soares, no bairro Cambeba.

Conforme informado, o homem estava tentando fazer a travessia, quando foi acertado em cheio por uma moto. O motociclista, que estava trabalhando como entregador, permaneceu no local e prestou informações para a polícia. Ele foi então conduzido para uma delegacia plantonista, para prestar depoimento, com a moto tendo sido levada por um reboque da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania de Fortaleza (AMC).

 >>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Fonte: gcmais.com.br