Ceará

Estado, União e Fiec assinam acordo para implantar Instituto de Ciência e Tecnologia no ITA Ceará

estado,-uniao-e-fiec-assinam-acordo-para-implantar-instituto-de-ciencia-e-tecnologia-no-ita-ceara
Estado, União e Fiec assinam acordo para implantar Instituto de Ciência e Tecnologia no ITA Ceará

O governo do estado do Ceará, a União e Fiec – Federação das Indústrias do Estado do Ceará assinaram nesta terça-feira (4) um acordo de cooperação técnica preparatório para a instalação de um Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT) vinculado ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) dentro do campus cearense do ITA.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Satisfeito com mais essa etapa de fortalecimento da vinda do ITA para o Ceará, o governador Elmano de Freitas destacou que o investimento em educação mudará o futuro de muitos jovens cearenses. “Este é um processo que está sendo construído com muito afinco, porque estabelecemos a educação como prioridade absoluta, porque a educação é o instrumento para desenvolvermos o potencial que o nosso Estado tem”, pontuou. O investimento para a instalação do ICT no ITA Ceará é de até R$ 40 milhões.

O coordenador de Acordo Cooperação Técnica, tenente-brigadeiro do ar Walcyr Josué de Castilho Araújo, explicou a importância da parceria: “O ITA é baseado no que chamamos de ‘Tríplice Hélice’, que é a interação da indústria, academia e governo. Aquelas pesquisas desenvolvidas são pesquisas que têm resultados práticos. Nós desenvolvemos tecnologia que a indústria precisa. Nós conseguimos, com essa união, a academia trabalhando para o país e o país trabalhando para a academia”.

A ideia é que a estrutura funcione dentro do campus como estágio e extensão para os alunos, além de promover a conexão com profissionais de todo o país através da rede Senai. Desta forma, seria configurado um hub de inovação.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

“Essa inovação está ligada à indústria e está ligada à academia. Então, se temos uma das melhores universidades do mundo na área de tecnologia [ITA], a gente precisa estar junto. Porque então teremos mentes brilhantes para se desenvolverem junto ao ISI”, explicou Ricardo Cavalcante, presidente da Fiec.

Para o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro Filho, ter a educação como “carro-chefe” do desenvolvimento estadual é um grande acerto do Ceará e permite que o Estado se desenvolva. “Há muito anos, os governos que se sucedem têm a meta de fazer do Ceará a capital da educação do Nordeste, e do País. E por isso o projeto de trazer o ITA para o Ceará segue forte, pois são os melhores em educação graças a esse objetivo perseguido ao longo dos anos”.

Leia também | Brasil ultrapassa a Itália e alcança o posto de 8ª maior economia do mundo

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br