Fortaleza

Pochete cheia de drogas é apreendida pela polícia durante patrulhamento em Fortaleza

pochete-cheia-de-drogas-e-apreendida-pela-policia-durante-patrulhamento-em-fortaleza
Pochete cheia de drogas é apreendida pela polícia durante patrulhamento em Fortaleza

Uma pochete cheia de drogas foi apreendida durante um patrulhamento da polícia no bairro Pici, em Fortaleza. Na ocasião, os agentes chegaram a avistar pessoas em atitude suspeita e iniciaram uma perseguição, mas os indivíduos conseguiram escapar.

Na sequência, os policiais encontraram o material ilícito, guardado dentro de uma pochete na Rua Timbaúba. Eram 106 trouxinhas de maconha, 47 pinos de cocaína e 7 pedras de crack. A suspeita é de que as drogas eram levadas pelas pessoas avistadas pelos agentes momentos atrás.

Leia mais | Motorista atropela moto e derruba família que voltava de hospital no interior do Ceará

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

A região já é conhecida pelos policiais pela intensa atividade do tráfico de drogas, em parte devido a mapeamentos feitos com registros de ocorrências anteriores, incluindo o cadastro de boletins de ocorrência (BOs). Com isso, os profissionais de segurança trataram de fazer o patrulhamento na área. O mapeamento foi feito por policiais do 18º Batalhão da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

Inicialmente, o material apreendido foi levado para o 32º Distrito Policial (32º DP), que fica no bairro Bom Jardim. Em seguida, no entanto, ele foi transferido para outra unidade

 >>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

A polícia segue trabalhando para identificar pessoas que possam estar ligadas ao grupo que foi avistado pelos policiais.

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

Fonte: gcmais.com.br