Fortaleza

Policial militar aposentado é morto a tiros durante assalto na calçada de casa

policial-militar-aposentado-e-morto-a-tiros-durante-assalto-na-calcada-de-casa
Policial militar aposentado é morto a tiros durante assalto na calçada de casa

Um policial militar aposentado, de 70 anos de idade, foi baleado e morto durante um assalto efetuado na calçada da casa dele, no bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza. O homem, conhecido como Cabo Hélio, foi levado inicialmente para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Conjunto Ceará e depois transferido para o Instituto Dr. José Frota (IJF), devido à gravidade das lesões sofridas durante o ataque. O estado de saúde dele, no entanto, piorou e ele foi a óbito.

A ação criminosa foi registrada por uma câmera de segurança instalada nas proximidades. É possível ver o militar sentado em uma cadeira na calçada, na frente de um comércio, quando é abordado por dois indivíduos, um em uma motocicleta e outro a pé.

Leia mais | Moradores de rua brigam, tentam invadir hospital infantil e são presos em Fortaleza

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Um dos criminosos auxilia o outro a realizar a abordagem e tomar, ao que tudo indica, a arma de fogo do policial aposentado. Quando o idoso tenta evitar que os assaltantes levem a arma, ele é atingido por um disparo e cai, com os dois indivíduos indo embora logo em seguida.

Após o ocorrido, podia-se observar movimentação intensa de agentes policiais na área, à espera de mais informações sobre o colega. No local, estava inclusive o comandante-geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), o coronel Klênio Savyo, segundo o qual o trabalho ostensivo da polícia foi fortalecido na região, na tentativa de localizar e capturar os suspeitos de terem executado a ação criminosa.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

 >>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por GCMAIS (@gcmais)

Fonte: gcmais.com.br