Ceará

Vacinação contra Covid-19 para crianças de 6 meses a 4 anos começa na segunda-feira (20)

vacinacao-contra-covid-19-para-criancas-de-6-meses-a-4-anos-comeca-na-segunda-feira-(20)
Vacinação contra Covid-19 para crianças de 6 meses a 4 anos começa na segunda-feira (20)

O governador Elmano de Freitas anunciou na noite desta sexta-feira (17) que a vacinação contra a Covid-19 para crianças de 6 meses a 4 anos de idade acontece a partir da próxima segunda-feira (20). A vacinação será realizada nos postos de saúde de todo o estado e nas unidades dos Vapt Vupt em Fortaleza.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

“Informo aos cearenses que começa, a partir da próxima segunda-feira (20), a vacinação contra Covid-19 monovalente do laboratório Moderna, com a subvariante ômicron XBB 1.5. O Governo do Ceará distribuiu 108.800 doses que estarão disponíveis para completar esquema das crianças de 6 meses a 4 anos de idade e atualizar a proteção para os grupos prioritários”, escreveu em uma publicação nas redes sociais.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Elmano lembrou que diante da possibilidade de ocorrência de novas variantes de Covid-19, é fundamental tomar o imunizante, mesmo com esquema completo, inclusive com o reforço, desde que a última dose tenha sido aplicada há mais de 3 meses.

O imunizante monovalente XBB 1.5 é uma atualização do imunizante contra a Covid-19, produzida pelo laboratório americano Moderna, para combater a nova variante de sublinhagem da Ômicron.

Vacina foi aprovada em dezembro

Apesar das vacinas Bivalente e Monovalente Original continuarem tendo um impacto positivo na redução de hospitalizações e óbitos pela Covid-19, a monovalente adaptada à variante XBB.1.5 possibilita uma cobertura adicional contra as principais variantes em circulação no Brasil e no mundo.

“Recebemos com orgulho a aprovação da vacina adaptada, que reforça o importante papel da versatilidade da plataforma de mRNA. Apesar da Covid-19 desde maio não ser mais considerada como uma emergência de saúde pública, temos visto que isso não significa que o vírus vai deixar de circular, pelo contrário, estamos acompanhando o surgimento de novas variantes. A vacina monovalente adaptada à variante XBB.1.5 da Ômicron se mostrou eficaz na proteção contra as principais cepas que estão mundialmente em circulação, mas as vacinas Bivalente e Monovalente Original, que estão disponíveis nos postos de saúde do país, continuam tendo importante papel na redução de hospitalizações e mortes pelo vírus, por isso, é imprescindível que a população brasileira elegível mantenha sua vacinação contra Covid-19 em dia, seguindo a recomendação do Ministério da Saúde”, destaca Adriana Ribeiro, diretora médica da Pfizer Brasil.

Leia também | Caminhão carregado de frutas tomba e cai em barranco na BR-116, no Ceará

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

 

Fonte: gcmais.com.br