Ceará

Casal rouba carro de taxista, é perseguido pela polícia, bate em veículo e acaba preso

casal-rouba-carro-de-taxista,-e-perseguido-pela-policia,-bate-em-veiculo-e-acaba-preso
Casal rouba carro de taxista, é perseguido pela polícia, bate em veículo e acaba preso

Um casal foi preso no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), após roubar o carro de um taxista e ser perseguido pela polícia. O acompanhamento tático – ou perseguição – conduzido por agentes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) só acabou quando os criminosos colidiram com outro carro, na via pública. A perseguição começou em Caucaia e só terminou em Fortaleza.

O taxista que teve o veículo roubado acionou a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), e repassou informações sobre a ocorrência, dando início à movimentação dos profissionais da PM.

Leia também | Homem deixa esposa em casa para dormir com amante e muro cai em cima dele

>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Ao fim da perseguição, os policiais também fizeram apreensões, recolhendo o material encontrado dentro do veículo. Os agentes localizaram armas brancas e armas de fogo (um revólver calibre .38 e um simulacro de pistola), além de uma bolsa e vários aparelhos celulares.

A informação que foi repassada pelas forças de segurança é de que os aparelhos devem ser pertencentes e várias vítimas diferentes, indicando que os indivíduos também estavam efetuando furtos e assaltos antes de roubar o carro do taxista. Mais detalhes sobre essa atuação deverão ser apurados pelas equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Os dois criminosos, identificados como Milena Souza Silva e Patrick Antonio dos Santos Sales, foram colocados à disposição da Justiça. Eles já tinham antecedentes criminais, com ambos já tendo respondido por tráfico de drogas.

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

Fonte: gcmais.com.br