Fortaleza

Em “rolezinho”, motociclistas com descargas adulteradas fazem barulho durante a madrugada em Fortaleza

em-“rolezinho”,-motociclistas-com-descargas-adulteradas-fazem-barulho-durante-a-madrugada-em-fortaleza
Em “rolezinho”, motociclistas com descargas adulteradas fazem barulho durante a madrugada em Fortaleza

Durante a madrugada deste domingo (21), inúmeras motociclestas causaram transtorno para os moradores de Fortaleza no chamado “rolezinho”. Moradores denunciaram a situação para a Polícia Miliatr do Ceará e reclamaram do barulho excessivo. As descargas adulteradas para emitir um som ensurecedor, dezenas de motociclistas circularam mais uma vez pelas ruas da capital. Os motociclistas forçaram os motores para assim aumentar o volume dos ruídos. Além da barulheira causada pelo escapamento adulterados dos veículos, também era possível ver condutores levando as motos, a chamada “empinada”, que pode causa acidentes.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Vídeos compartilhados por moradores mostra “rolezinho” que já tem até página nas redes sociais, os participantes marcam um ponto de saída para o encontro dos motociclistas, neste caso, no bairro Parangaba a partir das 1h15.

Em nota, a Polícia Militar do Ceará informou que foi acionada para uma ocorrência de direção perigosa, durante a madrugada deste domingo (21), no bairro Parangaba. A Polícia disse ainda que “Equipes do 6º batalhão de Polícia Militar foram ao local, realizaram rondas pelas imediações, mas não localizaram nenhum suspeito com as características informadas”. E afirmou que o policiamento na área foi intensificado.

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85)3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

Leia também |Tiroteio deixa dois mortos perto do Parque Del Sol, em Fortaleza

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

 

Fonte: gcmais.com.br