Ceará

Foragido do Rio Grande do Sul é preso no Aeroporto Internacional de Fortaleza

foragido-do-rio-grande-do-sul-e-preso-no-aeroporto-internacional-de-fortaleza
Foragido do Rio Grande do Sul é preso no Aeroporto Internacional de Fortaleza

Um homem foragido da polícia do Rio Grande do Sul por integrar um grupo criminoso e suspeito de lavagem de dinheiro foi preso, nesta terça-feira (16), no Aeroporto Internacional Pinto Martins em Fortaleza. O fugitivo foi pegue momentos antes de embarcar em voo para o estado de São Paulo.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Segundo a Polícia Civil do Ceará (PCCE), os agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) tomaram conhecimento da presença do fugitivo em solo cearense, após uma troca de informações com as equipes da Polícia Civel do Rio Grande do Sul. Com o trabalho conjunto, os polícias o localizaram. Ele estava no aeroporto internacional da Capital cearense. Com a decisão judicial em mãos, os policiais civis da Draco foram até o local e conseguiram êxito na sua prisão.

O suspeito de 31 anos, que não teve a identidade informada, foi levado à sede da Draco, onde o mandado de prisão preventiva da comarca de Porto Alegre foi cumprido. O preso deverá ser recambiado para o Rio Grande do Sul e já foi colocado à disposição da Justiça Gaúcha.

Receita Federal apreende drogas e dinheiro falso no aeroporto de Fortaleza

Em operação realizada no dia 3 de abril, a Divisão de Repressão da Terceira Região Fiscal da Receita Federal (Direp03) apreendeu drogas e notas de dinheiro falso em encomendas postais que estavam no Terminal de Cargas do Aeroporto de Fortaleza.

O cão farejador encontrou as encomendas que tinham como destino o Ceará. Os pacotes haviam sido enviados de três estados diferentes, e todos apresentavam uma falsa declaração de conteúdo.

No material apreendido foram encontradas aproximadamente 300 gramas de skunk e haxixe. Além das drogas, também foi encontrada a quantia de R$ 1 mil e US$ 100 em dinheiro falso.

O conteúdo das encomendas será encaminhado às autoridades policiais para uma investigação detalhada sobre as circunstâncias dos crimes, por meio de inquérito policial.

Leia também | Quatro são capturados suspeitos de participação em chacina com 4 mortos em Maranguape

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br