Ceará

Funcionário de escola em Fortaleza é investigado por estupro de crianças autistas

funcionario-de-escola-em-fortaleza-e-investigado-por-estupro-de-criancas-autistas
Funcionário de escola em Fortaleza é investigado por estupro de crianças autistas

A Polícia Civil do Ceará está investigando uma denúncia de estupro de vulnerável contra alunos de uma escola da rede municipal de Fortaleza. A acusação aponta que um funcionário terceirizado de um colégio no bairro Presidente Kennedy teria abusado de duas crianças autistas de 11 anos no dia 7 de maio.

Em nota, a Polícia informou que um inquérito policial foi instaurado para averiguar a veracidade da denúncia. Diligências e oitivas estão sendo realizadas com o objetivo de identificar o suspeito.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

A Secretaria Municipal da Educação (SME) confirmou a existência da denúncia e informou que está acompanhando os encaminhamentos do caso junto às famílias das vítimas. A SME também destacou que órgãos de defesa da infância, como o Conselho Tutelar, a Rede Aquarela, a Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca) e a Guarda Municipal, foram acionados.

Estupro em escola de Fortaleza

Após a denúncia, realizada pela família das vítimas, a Comissão de Proteção e Prevenção à Violência Contra a Criança e o Adolescente foi chamada para prestar amparo às crianças e seus familiares.

“Escutas qualificadas estão sendo realizadas junto aos agentes da Célula de Mediação Social e Cultura de Paz da SME. Esta medida tem como objetivo o acolhimento das crianças e seus familiares, bem como orientá-los. A SME reitera que preza pela integridade física e moral da comunidade escolar. Repudiamos quaisquer atos que infrinjam o direito da criança e do adolescente”, acrescentou a Secretaria em nota.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Polícia Federal deflagra operação contra pornografia infantil no Cariri, no interior do Ceará

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br