Fortaleza

Homem invade casa em Fortaleza, rouba celular e foge após o cachorro latir

homem-invade-casa-em-fortaleza,-rouba-celular-e-foge-apos-o-cachorro-latir
Homem invade casa em Fortaleza, rouba celular e foge após o cachorro latir

Um homem foi flagrado invadindo uma casa no bairro Demócrito Rocha, em Fortaleza, para roubar pertences no interior da residência – ele chegou a levar um aparelho celular, que encontrou em cima do sofá, mas tratou de fugir assim que o cachorro da casa começou a latir.

O crime aconteceu por volta das 4h da madrugada desta quinta-feira (18), na Rua Paraíba, que tem sido palco frequente de ações criminosas desse tipo, conforme os moradores das proximidades. Um vídeo registrado por uma câmera de segurança instalada no local mostra o momento em que o suspeito arromba o portão e entra na casa.

Durante o arrombamento, ele chega a quebrar parte da parede da casa e parte do portão. Uma moradora da residência, que estava dormindo no quarto quando a invasão aconteceu, diz estar assustada pelo ocorrido, levando em conta também o histórico de crimes do tipo na vizinhança.

“É do mesmo jeito, toda vida acontece, é a mesma coisa. Não é a primeira casa que entram e levam objeto, e ninguém vê, estamos sem segurança na madrugada. Policiamento é difícil ver”, pontua. Ela lembra ainda que um campo nas proximidades acaba facilitando as ações criminosas, uma vez que serve de esconderijo para os bandidos durante a noite.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por GCMAIS (@gcmais)

Homem invade casa e foge depois do cachorro latir

Moradores do entorno confirmam que casos semelhantes têm acontecido com alguma frequência na rua. Segundo eles, os criminosos aproveitam o silêncio e a pouca movimentação da madrugada para fazer essas invasões. Em ainda outros tipos de crimes, os bandidos também abordam pedestres na rua para roubar os pertences das vítimas, principalmente no início da manhã, quando os moradores estão saindo para trabalhar.

Eles ainda têm o costume de deixar ameaças, ao efetuar as ações criminosas, alertando que a polícia não seja acionada. Caso isso não seja obedecido, contam, a promessa é voltar para “se vingar” dos moradores que acionaram as forças de segurança.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Leia também | Enfermeira suspeita de matar o amante com injeção letal pode ir a júri popular

Fonte: gcmais.com.br