Ceará

Indígenas expõem cultura e artesanato na CeArt até esta sexta-feira (19)

indigenas-expoem-cultura-e-artesanato-na-ceart-ate-esta-sexta-feira-(19)
Indígenas expõem cultura e artesanato na CeArt até esta sexta-feira (19)

A Central de Artesanato do Ceará (CeArt) recebe, até sexta-feira (19), a Semana Indígena, uma iniciativa que destaca a riqueza cultural e artística dos povos originários do estado. Das 10h às 19h, os visitantes podem apreciar uma variedade de artesanatos, participar de oficinas, desfrutar de pinturas corporais e presenciar apresentações de danças tradicionais.

Com o intuito de celebrar a existência e a cultura dos povos indígenas neste mês de abril, a programação da Semana Indígena na CeArt oferece um espaço significativo para a exposição e venda de produtos artesanais produzidos por diferentes etnias do Ceará.

A coordenadora de desenvolvimento do artesanato da Secretaria da Proteção Social (SPS), Germana Mourão, destaca que a CeArt não é apenas uma loja, mas sim uma política pública que promove o resgate e a valorização do trabalho artesanal das comunidades tradicionais. “Através do artesanato indígena, resgatamos e damos visibilidade à cultura e tradição indígenas no Ceará”, ressalta.

O secretário-executivo da Proteção Social, Paulo Guedes, salienta que a SPS mantém um diálogo constante com a Secretaria dos Povos Indígenas para ser uma parceira na oferta de ações e políticas públicas que promovam o respeito e a preservação da cultura indígena. Além da Semana Indígena na CeArt, a SPS está envolvida em diversas iniciativas nos territórios, incluindo o projeto Acolher e a oferta de 17 cursos de qualificação profissional nos territórios indígenas.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Durante o evento, o povo Anacé realizou o ritual do toré e a dança do coco na Praça Luiza Távora, demonstrando a importância de trazer suas tradições para espaços públicos. “Mostrar nossa dança e tradição em um local como este é significativo, pois evidencia que os povos indígenas não estão apenas nas matas, mas também ocupam a cidade e têm o direito de estar presentes em todos os lugares que também lhes pertencem”, destaca Júnior Anacé, líder do povo Anacé.

A fotógrafa Sheila Oliveira apresentou seu livro “Saberes e Fazeres – Um olhar para a educação Indígena e Quilombola no Ceará”, que retrata a riqueza da cultura e da educação indígenas no estado. “É motivo de muito orgulho trazer este trabalho, que destaca a educação indígena, para o grande público. A ideia do livro é mostrar o quanto as escolas indígenas são organizadas e têm uma articulação forte em seus territórios. Eles têm uma riqueza imensa e têm muito a nos ensinar”, reflete Sheila Oliveira. O livro é uma narrativa com textos e fotos sob a perspectiva dos líderes das comunidades indígenas e quilombolas.

Leia também | Estação ferroviária da Parangaba está disponível para exploração comercial

Indígenas expõem cultura e artesanato na CeArt

Horário: 10h às 19h

18/04 (quinta-feira)

Exposição e venda de Produtos Indígenas

Oficina de Bijuteria

19/04 (sexta-feira)

Exposição e venda de Produtos Indígenas

Oficina de Maracas

Local: CeArt – Avenida Santos Dumont, 1589 – Praça Luíza Távora, Aldeota

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br