Ceará

Irmão de vereador de Maranguape, na Grande Fortaleza, é assassinado na frente da casa da mãe

irmao-de-vereador-de-maranguape,-na-grande-fortaleza,-e-assassinado-na-frente-da-casa-da-mae
Irmão de vereador de Maranguape, na Grande Fortaleza, é assassinado na frente da casa da mãe

O irmão de um vereador do município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foi assassinado a tiros na frente da casa da mãe, no início da tarde desta terça-feira (28). A ocorrência se deu na localidade de Tabatinga, que fica a aproximadamente 10 quilômetros da sede do município.

Conforme relatado, criminosos armados chegaram ao local e efetuaram disparos de arma de fogo em direção à cabeça da vítima, que morreu na hora. A motivação para o crime é desconhecida pelas autoridades e pelos familiares do homem. A vítima, um homem de 49 anos identificado como João Batista Feitosa Freitas – mais conhecido como Nelo – é irmão do vereador Clécio Feitosa.

Leia também | Cearense desaparecido em Alagoas é encontrado em clínica de reabilitação

O homem assassinado trabalhava vendendo milho na rua, e estava no local de trabalho no momento da execução. Estava há pouco tempo com o fogo aceso, para assar o milho, quando foi surpreendido pela chegada dos criminosos.

Após o ocorrido, as forças de segurança foram acionadas e agentes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) se dirigiram ao local da ocorrência para averiguar o crime. Os agentes levantaram informações no local. Profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também estiveram presentes, para colher material para a análise pericial, inclusive cápsulas dos disparos encontradas no chão. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).

>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Horas após o crime, ainda era possível ver marcas da violência no chão do local, com o sangue da vítima manchando o concreto – ele estava sentado em uma cadeira de plástico, na calçada, no momento da execução. O local fica em frente à casa da mãe do homem.

A polícia vai fazer uma comparação balística, a partir das cápsulas recolhidas no local, e cruzar com dados de criminosos que atuam nessa região ou moram nas proximidades, para tentar traçar uma digital compatível com a encontrada nas cápsulas em questão.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Conforme moradores da região, Nelo não tinha qualquer envolvimento com o crime organizado e a morte é, até o momento, um completo mistério e motivo de surpresa em Maranguape.

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

Fonte: gcmais.com.br