Fortaleza

Polícia prende suspeitos de matar a tiros policial que estava a caminho do quartel

policia-prende-suspeitos-de-matar-a-tiros-policial-que-estava-a-caminho-do-quartel
Polícia prende suspeitos de matar a tiros policial que estava a caminho do quartel

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) prendeu dois homens suspeitos de participação no assassinato do policial Carlos Antonio de Sousa, terceiro-sargento da Polícia Militar do Ceará (PMCE). O caso aconteceu há pouco mais de um mês, em 2 de abril, no bairro Parque Santa Rosa, em Fortaleza.

Conforme as forças de segurança, José Damasio de Sousa Felipe Junior e Edinardo Silva de Farias foram capturados, respectivamente, em Fortaleza (no bairro Bom Jardim) e no município cearense de Fortim. Eles foram presos preventivamente nos dias 2 e 3 de maio.

Suspeitos de participação em assassinato de policial são presos

As investigações sobre o caso ficaram a cargo do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil. Mais detalhes sobre as capturas e sobre a apuração policial devem ser divulgados na segunda-feira (6), pelas forças de segurança.

O crime

O policial foi atingido por disparos de arma de fogo por volta de 5h30 da manhã do dia 2 de abril, quando ele se encaminhava para o quartel, dirigindo uma motocicleta. Ao ser atingido pelos disparos, Carlos teria tombado a moto que pilotava. O policial não resistiu aos ferimentos e faleceu no local. Os pertences e arma da vítima foram encontrados no local da ocorrência.

Carlos Antônio ingressou na Polícia Militar do Ceará em 10 de setembro de 2007 e, até o momento da morte, estava lotado na 4ª Companhia de Policiamento com Cães (CPCães), pertencente ao Comando de Policiamento de Choque (CPChoque) da Polícia Militar.

>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Denúncias

A SSPDS informa que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais e ressalta que o sigilo e o anonimato são garantidos.

As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. As informações também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3257-4807, do DHPP, que também é o WhatsApp do Departamento.

Leia também | Polícia desativa granada deixada na calçada de uma residência em Fortaleza

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br