Ceará

Recuperação de crédito no Ceará: mais de 70% dos negativados voltam à regularidade em 90 dias

recuperacao-de-credito-no-ceara:-mais-de-70%-dos-negativados-voltam-a-regularidade-em-90-dias
Recuperação de crédito no Ceará: mais de 70% dos negativados voltam à regularidade em 90 dias

Mais de 70% dos consumidores negativados no Ceará conseguiram recuperar o crédito, ou seja, saíram das listas de inadimplentes em um prazo de até 90 dias, segundo os dados do Indicador de Recuperação de Crédito divulgados pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas FCDL-CE) e SPC. Os dados fazem parte do panorama apresentado na última edição do Radar do Varejo Cearense, referente ao mês de abril.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

O levantamento também revelou que o prazo médio para a recuperação de crédito no estado é de 8,2 meses. Além disso, houve uma diminuição no ritmo das consultas aos CPFs ao longo dos últimos meses, com um recuo de 1,8% no acumulado de 12 meses até abril de 2024.

Entre os CPFs consultados, 12,1% estavam negativados no momento da consulta, sendo que a faixa etária com o maior percentual de pessoas consultadas está entre 30 e 39 anos.

Freitas Cordeiro, presidente da FCDL-CE, destaca a importância desse indicador para inferir o desempenho do setor, correlacionando-o com o crescimento das vendas apurado nos dados do IBGE. Ele ressalta que a inadimplência está perdendo força, o que é um indicativo positivo para os varejistas.

“As estatísticas nos conferem respaldo ao entendimento de que nossa economia, embora sem maiores variáveis, prossegue numa rota de crescimento, reforçando a esperança de que dias melhores estão por vir”, pontua Freitas Cordeiro.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Negativados no Ceará

Além disso, o levantamento apontou uma desaceleração no número de dívidas em atraso no Ceará, com uma queda de 4,8% em comparação com o mesmo período do ano anterior. A maior parte das dívidas negativadas tem como principal credor o setor bancário (60,6%), seguido pelos setores de água e luz (16,9%) e o comércio (8,8%). 90,9% dos negativados em abril de 2024 eram reincidentes, ou seja, já haviam estado negativados em algum momento nos últimos 12 meses.

Leia também | Vídeo: viatura da Polícia Militar é engolida pelo mar em praia no Ceará

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<  

Fonte: gcmais.com.br