Fortaleza

Suspeito de matar adolescente perto de escola no Passaré é apreendido em Fortaleza

suspeito-de-matar-adolescente-perto-de-escola-no-passare-e-apreendido-em-fortaleza
Suspeito de matar adolescente perto de escola no Passaré é apreendido em Fortaleza

A Polícia Civil apreendeu, nesta quarta-feira (24), um adolescente suspeito da morte de outro adolescente próximo de uma escola municipal, no bairro Passaré. O crime foi registrado na manhã da última terça-feira (23), na Escola Delma Hermínia.

>>>Clique aqui para seguir o canal do GCMAIS no WhatsApp<<<

Os trabalhos policiais foram realizados pela 7ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O suspeito foi encontrado e levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde foram realizados os procedimentos necessários. Após os procedimentos, foi disponibilizado à disposição da Justiça.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O adolescente foi morto a tiros em uma escola que fica localizada na comunidade do Gereba. Conforme apurado no local, o adolescente foi até a escola deixar a irmã, que estuda na instituição de ensino, durante o horário de entrada dos alunos. Nesse momento, foi surpreendido pelo atirador, sendo baleado do lado de fora. Ele então tentou fugir e correu para dentro da escola, mas foi alcançado e morto, atingido com vários tiros na cabeça.

Morte de adolescente próximo à escola no Passaré

A vítima foi identificada como Manoel Veríssimo da Silva, de 16 anos de idade. Ele era morador da comunidade do Gereba, onde a instituição de ensino fica localizada. Conforme relatos, ele foi expulso da escola após se envolver em brigas com outro ex-aluno, da comunidade da Mana, nas proximidades. Segundo a polícia, ambos são integrantes de facções criminosas.

A polícia descobriu que o adolescente foi ameaçado por uma desavença com ex-alunos da escola quando eles eram estudantes. O ex-aluno tinha sido expulso do colégio por conta de briga.

Leia também | Morte de funcionário no IJF: testemunhas afirmam que autor do crime entrou outras vezes no hospital após demissão

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Fonte: gcmais.com.br