Ceará

Homem é baleado em conjunto residencial de Pacatuba, na Grande Fortaleza

homem-e-baleado-em-conjunto-residencial-de-pacatuba,-na-grande-fortaleza
Homem é baleado em conjunto residencial de Pacatuba, na Grande Fortaleza

Um homem foi baleado no município de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), em ocorrência registrada no Conjunto Residencial Orgulho do Ceará. Após o crime, ele foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Pajuçara.

Há ainda informações sobre uma suposta segunda vítima, o que não foi confirmado pelos moradores da região – perguntados sobre o ocorrido, eles permanecem em silêncio, por medo de represálias por parte do crime organizado. A polícia, então, passou a buscar pela segunda vítima em hospitais das proximidades, de modo a continuar a investigação.

Homem é baleado em Pacatuba e levado a unidade de saúde

No local, horas após o ocorrido, era possível ainda ver agentes do 24º Batalhão da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE). Também era possível ver alguma movimentação por parte de moradores do entorno.

O subtenente Carlos, da Polícia Militar, comenta que a população “já é refém” de ordens desse tipo vindas do crime organizado. “Chegando aqui, é lei do silêncio, né? Ninguém fala nada. E a gente está averiguando, pra saber”, comenta.

Não se sabe também como a primeira vítima, que foi levada à UPA da Pajuçara, deu entrada na unidade de saúde – se com familiares, conhecidos ou com uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Leia também | Vídeo: homem é flagrado furtando estepe de veículo no Centro de Fortaleza

Fonte: gcmais.com.br