Ceará

Motorista que matou criança e babá estava alcoolizado e dirigia em alta velocidade

motorista-que-matou-crianca-e-baba-estava-alcoolizado-e-dirigia-em-alta-velocidade
Motorista que matou criança e babá estava alcoolizado e dirigia em alta velocidade

O motorista de 67 anos que foi preso em flagrante por matar uma criança de 8 anos e uma babá, em um acidente de trânsito em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na noite do último domingo (21), dirigia sob efeito de álcool e trafegava com excesso de velocidade, de acordo com a decisão da Justiça Estadual que decretou a prisão preventiva do idoso.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

A prisão em flagrante de Joab Temudo de Oliveira foi convertida em prisão preventiva, em audiência de custódia, no 4º Núcleo Regional de Custódia e de Inquérito (Caucaia), nesta segunda-feira (22).

“Justifica o resguardo da ordem pública o fato do autuado ter sido encontrado com ‘sinais de embriaguez’ após o cometimento dos crimes, segundo os depoimentos policiais, o preso teria colidido violentamente na traseira do carro das vítimas, tendo este capotado e parado no sentido contrário da via, o que demonstra possível excesso de velocidade do infrator, dada a dinâmica do abalroamento”, explicou a decisão.

Joab Temudo de Oliveira foi preso em flagrante por provocar um acidente que matou uma criança de 8 anos e uma babá, na CE-040, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), na noite do último domingo (21). O bafômetro indicou que o suspeito estava embriagado.

Babá e criança morrem em acidente provocado por motorista alcoolizado

No carro da família, vinham seis pessoas: marido e mulher, três crianças (de 6, 9 e 13 anos de idade) e a babá. Ela não resistiu e morreu no local e as três crianças tiveram que ser levadas para o hospital, em estado grave. Uma delas não resistiu aos ferimentos e morreu, enquanto as outras seguiram recebendo atendimento médico.

Após o acidente, familiares eram vistos na via bastante consternados, expressando raiva em relação ao motorista do outro veículo e tentando agredi-lo. O homem se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi levado à delegacia, com os procedimentos legais tendo sido realizados em seguida.

Agentes do Departamento Municipal de Administração de Trânsito (Dematran) e da Polícia Rodoviária Estadual do Ceará (PRE) se dirigiram ao local, além do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os corpos passarão por análise da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Leia também | Passageira diz que motorista que atropelou Kayky Brito não estava em excesso de velocidade

 

Fonte: gcmais.com.br